331 Visualizações

Entre as 00h00 do dia 17 de julho e as 23h59 do dia 19 de julho o país está em situação de alerta face ao perigo de ocorrência de incêndios rurais.

Face às previsões meteorológicas nos próximos dias, foi declarado, pelos Ministros da Administração Interna e do Ambiente e Ação Climática, Situação de alerta em todo o território Nacional.

Este despacho coloca 8 distritos em estado de alerta laranja, onde se inclui o distrito de Lisboa. Os restantes distritos encontram-se já em Alerta Vermelho.

Esta declaração obriga à adoção de medidas preventivas, sendo:

“1) Proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem;

2) Proibição da realização de queimadas e queimas de sobrantes de exploração;

3) Proibição total da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão, bem como a suspensão das autorizações que tenham sido emitidas nos distritos onde tenha sido declarado o Estado de Alerta Especial de Nível Vermelho pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil;

4) Proibição de realização de trabalhos nos espaços florestais e outros espaços rurais com recurso a qualquer tipo de maquinaria.”

Fonte: Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil