357 Visualizações

De acordo com a informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, prevê-se um agravamento das condições favoráveis ao incremento do risco de incêndios,
devido ao tempo quente e seco, sendo de destacar os seguintes aspetos para as próximas 72
horas:
− Subida da temperatura máxima, com maior incidência nas regiões do Alentejo, Algarve e
interior Centro, estendendo-se ao interior Norte;
− Humidade relativa do ar com valores baixos na generalidade do território, sem
recuperação noturna;
− Vento intenso nas terras altas, soprando por vezes forte;
− Condições meteorológicas propícias a ocorrências de comportamento errático dos
incêndios, em especial nas regiões do Alentejo e Algarve.

Esperam-se condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais em especial nas regiões do Algarve, Alentejo, Centro interior, estendendo-se posteriormente ao interior Norte do país.

Para mais informações consulte www.ipma.pt

 

Fonte: Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil